DIAS ASSIM

Hoje acordei sentindo-me terrivelmente culpada por não estar me esforçando o bastante para alcançar certos objetivos, pela constante falta de paciência, disciplina, competência, e todas as outras coisas que as pessoas nos fazem acreditar que só depende da gente. Antes de levantar da cama, tentei encontrar os motivos que me levaram a escolher o caminho que estou trilhando há algum tempo, só que, mais uma vez eu fiquei sem resposta.

Não foram poucas as vezes que eu quis saber qual era a principal razão de eu sempre me cobrar tanto, se era para conseguir o reconhecimento de alguém, se era para provar alguma coisa ou se era para que alguém passasse a me amar. Nunca gostei de pedir a Deus para que o mês passasse rápido, mas hoje eu tive que pedir. Agora estou sozinha, tentando finalizar um post triste com alguma frase otimista, algo que possa representar um ponto positivo na minha atual situação “humana desesperadora”, assim como Voltaire fez na sua obra ” Cândido ou o otimismo”. Queria eu ter o sarcasmo deste filósofo nestas horas, encontrar no meio de toda essa angústia, alguma coisa para rir, algo que para muitos sempre foi e sempre será, o melhor remédio.

One thought on “DIAS ASSIM

  1. Aiiinnn, acho que todo mundo passa por coisas assim tão bem descrita por ti, qria eu conseguir fundamentar minhas mazelas assim como vc! te admiro mto…abraços!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s